terça-feira, 25 de novembro de 2008

Dramatizar, uma outra estratégia para a leitura

Num tempo em que o processo educativo procura insistentemente motivar os alunos para o ensino/aprendizagem, e em que os docentes procuram inovar eficazmente os métodos e as práticas pedagógicas, cada vez mais se torna oportuno, na escola, o recurso a estratégias diversificadas onde a expressão dramática pode desempenhar um papel privilegiado.
No 1.º CEB o teatro na sala de aula predispõe as crianças a expressarem-se de uma forma autónoma e imaginativa, permitindo conciliar conteúdos programáticos relevantes com o que é interessante e lúdico para o aluno. É o caso da abordagem da leitura através da dramatização de histórias com traços fantásticos e imaginativos, metodologia que facilita a conquista de leitores e permite despertar no aluno aspectos criativos menos conhecidos da sua personalidade.
A turma C do 2.º ano da EB1 da Torreira (Fregim), hoje (25 de Novembro) levou a efeito a dramatização de um texto em que os alunos foram os próprios actores, depois de prepararem cuidadosamente a leitura e a representação.
De acordo com a avaliação da actividade feita pela professora e pelos alunos, este tipo de estratégia pedagógica resulta plenamente em contexto de sala de aula e deverá ser mais utilizada.

3 comentários:

Bea disse...

ei, jovens... respondam aos nossos desafios problemáticos...do 3Cparedes

maria disse...

Está cada vez melhor este blog, assim vemos o que as crianças fazem na escola.

splendid disse...

buy louis vuitton