sábado, 25 de outubro de 2008

“A Mãe na Escola” para fomentar a leitura

No processo de ensino/aprendizagem a leitura é uma actividade constante que deve ser incrementada desde muito cedo.
No período da escola, no espaço da família ou nos tempos livres, a leitura é um hábito cultural que inicialmente precisa de ser praticado com o auxílio dos professores, dos pais e encarregados de educação. Assim também o considera o Plano Nacional de Leitura (PNL) que os tem na conta de “públicos privilegiados” enquanto “principais responsáveis pela educação” no âmbito das iniciativas de fomento da leitura com o objectivo de “se atingirem as crianças e os jovens”.
Desde o ano lectivo transacto (2007/08), no âmbito do desenvolvimento e incentivo da leitura, algumas professoras da escola EB1 da Torreira (Fregim) têm em curso um projecto designado «A Mãe na Escola».
Com os objectivos de sensibilizar pais e encarregados de educação para a importância do livro e da leitura no desenvolvimento da criança e proporcionar momentos de envolvimento entre crianças e mães, o projecto proporciona a vinda semanal à escola das mães de alunos para ler uma história à turma dos seus filhos.
A escolha é feita com base em livros referenciados no PNL, ajustados aos interesses e níveis de leitura dos alunos. São livros de histórias tradicionais ou mesmo poesias, sobre as quais são feitos vários registo através do desenho, foto, e pequenas frases ou textos.
As turmas do 1.º A, do 2.º B e do 2.º C já receberam este ano a primeira visita de “mães” que leram uma história. É sempre com muita alegria e alguma “vaidade” que as crianças vêem as suas progenitoras serem protagonistas na sala de aula. Nessas situações em que a mãe se apresenta no papel da professora, há um brilho muito especial nos seus olhos, e é bom que esses momentos especiais sejam proporcionados às crianças aquando das primeiras aprendizagens na escola.

3 comentários:

EB1 Aldeia do Futuro disse...

Mais uma muito boa ideia!
É um prazer verificar mais uma vez que por aí se valoriza a interacção entre a escola e o meio (neste caso a família).

Bea disse...

Há coisas em que, por força das circunstâncias deixei de investir... e talvez de acreditar. Chego mesmo a concluir que estou "velha"... longe vão os tempos em que estas "práticas" eram postas em prática. Agora não há tempo e a vontade...??? De quem terá sido a culpa?
Parabéns para quem ainda não esmoreceu...

googler disse...

prada purse
prada uk
prada hand bags
miu miu
miu miu handbags