terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Um jogo na sala de aula para fomentar amigos

No processo educativo gerado no ambiente da escola e da sala de aula os jogos e as brincadeiras têm uma especificidade lúdico-pedagógica, pois são mediados pelo professor e pelas normas institucionais.
Incluir os jogos e as brincadeiras no âmbito do ensino/aprendizagem tem como pressuposto o duplo aspecto de contribuir para o desenvolvimento da criança, enquanto indivíduo, e para a construção do seu auto-conhecimento, processos intimamente interligados.
Na turma F do 3.º ano de escolaridade da EB1 da Torreira (Fregim) a professora Branca Morais introduziu um jogo muito interessante, com desenvolvimento por vários dias, denominado “amigo secreto”.
O jogo consiste no cumprimento das seguintes regras: cada aluno da turma escreve num papelinho o seu nome e coloca-o junto com os demais. Depois de os papelinhos serem todos misturados, cada aluno tira um à sorte e, sem revelar a ninguém o nome escrutinado, esse será o seu amigo secreto.
Estipula-se um período de tempo em que o jogo decorrerá, que poderá ser de uma semana. Durante todo esse tempo de jogo, cada aluno terá que fazer pequenas surpresas ao seu amigo secreto, por exemplo: oferecer um desenho, uma guloseima outra coisa que queira presentear, sem que ninguém se aperceba de que está a fazê-lo. Poderá colocar essas surpresas em cima da mesa do seu amigo ou dentro da mochila, desde que o faça de forma a não ser descoberto.
No dia estipulado para o jogo terminar, cada aluno leva um presente para oferecer ao amigo secreto. Um a um, todos os alunos vão à frente da turma descrever física e psicologicamente o seu amigo secreto. O resto da turma terá que adivinhar para todos os alunos quem é o amigo de cada um. Logo que o “amigo secreto” de cada um seja reconhecido pela turma, o aluno que fez a descrição entrega a prenda ao seu amigo que, por sua vez, fica na frente da turma a dar continuidade ao jogo. E, assim, continuam as descobertas dos secretos amigos da turma com uma nova descrição….
Este jogo foi realizado uma semana antes da interrupção do Natal, o que significa que ambiente estava criado. Durante toda a semana os alunos andaram muito curiosos com as ofertas que iam recebendo e entusiasmados para tentar descobrir quem seria o seu amigo secreto. O jogo correu muito bem, e ninguém na turma conseguiu furar as regras estabelecidas antes do tempo final.Conforme a sugestão, para uma próxima vez esta actividade poderá ser extensiva a todos os alunos da escola. Realizada no contexto da turma do 3.º F da EB1 da Torreira (Fregim) este jogo proporcionou uma maior aproximação entre todos os colegas, desejando-se que tenha contribuído para consolidar amizades que a Escola deve fomentar entre todos.

2 comentários:

Bea disse...

Levas, agora mais para ti do que para o teu blog, um segundo prémio, pois como não podia deixar de ser, era também preciso referir-te.
Beijos

googler disse...

You these things, I have read twice, for me, this is a relatively rare phenomenon!
handmade jewelry